Alice Cooper lança novo álbum ‘Detroit Stories’

“Eu nasci aqui”, disse Alice Cooper, “e também [nasceu aqui] o Som e o Espírito de Alice Cooper”.

Com o nome da cidade que lançou a Alice Cooper Band ao estrelato, “Detroit Stories” – o novo álbum de estúdio de ALICE COOPER – é uma moderna homenagem à uma das mais duras e malucas cenas Rock n Roll que já existiu.

Em 1970, o jovem produtor Bob Ezrin entrou em uma fazenda nos arredores de Detroit para trabalhar com uma banda chamada Alice Cooper Band. Com um estilo completamente oposto à moda hippie (paz e amor) que predominava em Los Angeles, Alice levou de volta sua sombria gangue para sua terra natal, para a lendária cena de rock que deu origem ao Hard Rock, Rock de Garagem, Soul, Funk, Punk… e muitos outros estilos.

Ezrin trabalhou arduamente com a banda durante 10 horas diárias para definir o som que tornou-se uma das suas características principais. E sempre que eles acertavam em cheio com uma nova música, os pacientes do Hospital Psiquiátrico para loucos criminosos do outro lado da rua gritavam com satisfação. E é assim que podemos dizer que o clássico som do ALICE COOPER nasceu.

“Detroit era a sede central do Heavy Rock na época”, explica Alice, “Você tocava no Eastown [Theatre] por 4 dólares, e você poderia ser Alice Cooper, Ted Nugent, The Stooges ou The Who! No próximo fim de semana no Grande [Theatre] eram o MC5, Brownsville Station, Fleetwood Mac, Savoy Brown ou Small Faces. Você não podia ser uma banda de Soft Rock porque teriam dado um chute na sua bunda”.

LEIA MAIS  Lucas Tamandaré resgata a essência do rock n' roll à frente do Insanidade

“Los Angeles tinha bandas como The Doors, Love e Buffalo Springfield”, ele continua, “San Francisco tinha o Grateful Dead e o Jefferson Airplane. New York tinha The Rascals e The Velvet Underground. Mas Detroit foi o berço do Hard Rock raivoso. Como não se encaixava em nenhum lugar dos EUA (musicalmente ou em termos de imagem), Detroit foi o único lugar que aceitou o som de guitarra do Alice Cooper, seu som Hard Rock e nosso show doido. Detroit era um paraíso para os rejeitados. E quando eles descobriram que eu tinha nascido no leste de Detroit… estávamos em casa”.

50 anos depois, Alice e Ezrin conseguiram reunir algumas maiores lendas de Detroit em um estúdio da cidade para gravar “Detroit Stories”, o novo álbum do ALICE COOPER que leva aquele espirito da época para uma nova era. E se o EP “Breadcrumbs” de 2019 abriu o caminho para entrar na cidade, “Detroit Stories” leva você para um passeio a toda velocidade pela avenida Woodward.

FONTE: Reverbera Music Media

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários