GREEN DAY – Arena HSBC, RJ (15/10/2010)

Doze anos se passaram desde a última apresentação do Green day no Brasil. O show em 1998 foi no extinto Metropolitan, que agora é Citibank Hall e que já teve um monte de outros nomes. A espera dos fãs foi longa mas valeu a pena. Com a mesma energia de sempre e algumas novidades no palco, o Green day fez um dos melhores shows da temporada apresentações internacionais este ano no Rio.

O trio formado por Billie Joe Armstrong, Tre Cool e Mike Dirnt cresceu não só em repercussão mundial após o álbum American Idiot, mas também em componentes. Agora, o grupo tem um tecladista e mais dois guitarristas, o que deu mais potência ainda ao som da banda.

Com uma HSBC Arena completamente lotada, o Green Day chegou com bombas, faíscas e fogo, um verdadeiro show pirotécnico para deixar ainda mais enlouquecida, a já enlouquecida plátéia, que tanto esperou para ver um show da banda. Muitos que estavam ali os conhecem apenas do álbum American Idiot em diante, mas dava pra ver nos olhos dos espectadores mais velhos a alegria de ver e ouvir os sons antigos do grupo.

O show começou com Song of the Century, música do novo álbum “21st Century Breakdown”, que tem canção de mesmo nome que foi a segunda música a ser tocada. A partir daí foi um sequência de hit´s do disco American Idiot, com as excelentes Give Me Novacaine, Letterbomb e a porrada St. Jimmy, que criou uma grande roda punk na pista do HSBC Arena.

O andamento do show correu bem, com algumas subidas no palco de fãs chamados por Billie Joe e algumas vezes invasão mesmo, quando mais ou menos 7 meninas ficaram perambulando pelo palco, tirando foto com seu ídolo. Dois momentos dessa interação com o público, incentivado pelo vocalista como forma de quebrar a barreira entre a banda e seus fãs, foram interessantes.

Uma menina subiu no palco, abraçou e dançou com Billie Joe e depois de alguns segundos ganhou um beijo, na boca, dele. Tudo bem, faz parte do show. Mas o que causou quase uma catarse no público foi quando o vocalista do Green Day chamou um garoto para cantar uma das músicas. Ele mandou bem e depois, também acompanhou a banda tocando guitarra (muito bem por sinal). Terminada a música, o rapaz ganhou a guitarra!! Todos levaram as mãos à cabeça, não acreditando no que estavam vendo.

Nesse momento do show, a banda tocava os sucessos antigos, quando o grupo fazia um som bem mais pesado, para delírio do público mais velho, que foi àquele show do Metropolitan. O banner atrás da banda tinha o mesmo logo do Green Day na época, o que aumentou ainda mais a nostalgia de ouvir “She”, “Basket Case”, “Long View” e “Brain Stew”.

Por fim, a banda finalmente tocou “American Idiot” e terminou o show, de três horas, com as baladas “Wake Me Up When September Ends” e “Good Ridance (Time of Your Life). Quem estava lá presenciou um super show, que vai ficar na memória de todos e que deixou um gostinho de quero mais.

Obs: A HSBC Arena é um ótimo local pra show, bem estruturado, com um mega estacionamento. Mas é muiiiito, muiiito longe! O Rio tem outros grandes locais para realização desses eventos com a mesma infraestrutura e mais bem localizado do que nos confins da Barra da Tijuca.

Set List:

1 – Song of the Century
2 – 21st Century Breakdown
3 – Know Your Enemy
4 – East Jesus Nowhere
5 – Holiday
6 – Nice Guys Finish Last
7 – Give Me Novacaine
8 – Letterbomb
9 – Are We the Waiting
10 – St. Jimmy
11 – Boulevard of Broken Dreams
12 – Burnout
13 – Geek Stink Breath
14 – Hitchin’ a Ride
15 – Paper Lanterns
16- 2000 Light Years Away
17 – When I Come Around
18 – Iron Man/ Rock N´Roll/ Sweet Child O’ Mine/ Highway to Hell
19 – Brain Stew
20 – Jaded
21 – Long View
22 – Basket Case
23 – She
24 – King for a Day
25 – Blitzkrieg Bop/ Shout/ I Can´t Get No (Satisfaction)/ Hey Jude
26 – 21 Guns
27 – Minority

Bis 1

28 – American Idiot
29 – Jesus of Suburbia

Bis 2

30 – Whatsername
31 – Wake Me Up When September Ends
32 – Good Riddance (Time of Your Life)

Texto: Rodrigo Miguez

Fotos: Site Terra

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários